18 de dezembro de 2012

Resenha: A Sombra da Serpente

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Edição: 1/2012
Numero de Paginas: 352

Sadie e Carter são importantes descendentes da Casa da Vida, uma sociedade secreta de magia estabelecida no Egito ainda no tempo dos faraós. Os irmãos sabem que sua herança ancestral lhes reserva um importante papel: seus poderes são fundamentais para a restauração do Maat, a ordem do universo. Mas, uma vez instalado, o Caos é imprevisível, incalculável e incontrolável, e agora que Apófis está livre os Kane têm somente três dias para evitar que a serpente destrua o planeta. Como se isso não bastasse, a sorte deles parece só piorar.Os magos estão divididos. Alguns deuses egípcios estão enfraquecendo e, um a um, começam a desaparecer. Walt, um dos mais talentosos combatentes da Casa do Brooklyn, foi amaldiçoado, e sua energia vital está se esvaindo. Zia agora é responsável por Rá, o deus sol, que está completamente senil e não será de grande ajuda. Sadie e Carter, ao lado de alguns jovens magos e uns poucos aprendizes, são os únicos dispostos a enfrentar a serpente e salvar o mundo.


Uma breve introdução...
As Crônicas dos Kane é uma série literária que conta a história de Sadie e Carter Kane, dois irmãos descendentes de uma ordem mundial secreta que se autodenomina Casa da Vida. O pai deles, Julius Kane é um feiticeiro da Casa, e diferente dos seus iguais, procura nos deuses antigos a ajuda necessária para derrotar o mal que ascende das profundezas do Caos: Apófis, uma gigantesca serpente que tem como único objetivo destruir a vida engolindo o Sol. Para isso não acontecer Julius liberta os deuses egípcios sendo hospedeiro de um dos mesmos, e seus dois filhos também. Assim retomando uma das praticas antigas há muito tempo banida e repudiada pelos próprios feiticeiros O Caminho dos Deuses, mas algo sai errado um dos deuses se vira contra ele prendendo em uma mortalha, cabe então a Carter e Sadie solucionarem todo o problema e salvarem o Mundo.

Em a Sombra da Serpente a luta de Carter e Sadie contra as forças do Caos está em seu ápice, depois de nove meses de batalhas, vitória, derrotas, o fim está definitivamente próximo. A busca por aliados a causa dos deuses está cada vez mais difícil, e Apófis próximo a sua ascensão.

No terceiro e ultimo livro das Crônicas dos Kane, Rick Riordan nos apresenta uma Sadie e um Carter mais maduros, dois adolescentes tendo de tomar decisões que caberiam a um adulto ou a um deus. Característica interessante já que, Riordan já dá indícios de que aqui por diante seus leitores estão crescendo e ele está acompanhando este crescimento.

O ritmo da narrativa mais uma vez é ao estilo riordan de ser, dinâmico e envolvente, a cada pagina um grito de surpresa com os acontecimentos vindouros.

Os personagens mais uma vez muito bem caracterizados, cada qual com sua importância ao desfecho da história, são construídos de forma minuciosa a ponto de se tornarem reais!?
Mais uma vez palmas a Sadie, não existe personagem mais fodástica do que ela. Dona de uma personalidade única me fazia chorar de tanto rir com suas ironias e tiradas. Gamo nela. Loucamente!

O livro é bom, mas eu esperava mais para o desfecho, Riordan não me convenceu com essa história de Fim, assim como ocorreu em Percy Jackson e os Olimpianos, tanto que depois ele surgiu com a série Heróis do Olímpo. Assim espero, ele me de mais um pouco dos irmãos Kane, ou quem sabe um spin-off da Sadie, eu iria adorar. Ao que tudo indica, até mesmo por uma fala da mãe da Sadie, A casa da Vida, ou melhor, o Egito possui muitos inimigos, seriam os gregos? Os romanos? Será que veremos duas séries se misturarem em uma batalha que promete ser épica? Só o tempo dirá...

Nota:(4)


2 comentários:

  1. Tenho sim vontade de ler algo do Rick mais nunca tive uma curiosidade absurda , mais pretendo ler Percy Jackson em breve , sobre essa série não sei quando ou se vou ler abraços adorei a resenha :)

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha! A série Percy Jackson é indispensável na estante... Tenho certeza que vc vai adorar!

      Excluir