7 de março de 2013

Papo de Orelha: Bento de Luca

                     Papo de orelha é uma coluna quinzenal com entrevistas de autores nacionais.  


O Papo de Orelha dessa semana é em dose dupla?! Bento de Luca, escritor do livro O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo nos prestigia com cinco perguntinhas bem básicas. 
Perguntas:

1- Por que Bento de Luca?
Bento de Luca: Na realidade, “Bento de Luca” é o pseudônimo utilizado por dois autores e primos: Marcelo Siqueira Silva e Gustavo Costa de Almeida Siqueira! Resolvemos adotar um único pseudônimo por acreditarmos que o nosso projeto havia se tornado uma total fusão de nossas mentes.

2- Como é escrever em dupla? E quando as ideias se divergem?
Bento de Luca: É um grande barato! Temos uma afinidade de ideias muito grande. Começamos a escrever juntos em meados da infância. Esse contato fez com que nossas ‘escritas’ ficassem muito parecidas. No caso de “O Príncipe Gato”, todo o roteiro é feito em conjunto, todas as passagens, personagens e ideias mirabolantes são concebidas após muitas conversas. Com o roteiro pronto, dividimos os capítulos; cada um escreve um, mas todos os capítulos, de todo modo, acabam passando pelas mãos dos dois.  No final ainda sentamos juntos para ler, revisar e fechar tudo, sempre buscando a “escrita homogênea”, para que o leitor não sinta uma discrepância nas narrações. Sobre desentendimentos, ainda não tivemos nenhum problema com isso. (Risos) Escrever sempre foi uma grande diversão, e deve fluir naturalmente. No momento em que tivermos algum problema, algo estará errado! É preciso que haja uma “conexão” e uma busca constante para mantê-la, caso contrário, não fluirá!

3- De onde veio à inspiração para escrever O Príncipe Gato? E por que um gato em vez de um cachorro ou outro animal?
Bento de Luca: A nossa ideia é a de sempre criar sem receio, sem medo da incoerência. A grande diversão da literatura fantástica é justamente a de criar um universo cheio de fantasia e de passagens e personagens “impossíveis”! Tudo no livro, personagens, o roteiro em si, foi desenvolvido sem grandes pretensões, buscando a simplicidade e a criatividade. O Príncipe Gato não foi inspirado em alguém especificamente, ele foi concebido com base na observação felina e uma boa dose de imaginação! Um gato bípede, um cinto de utilidades na cintura, uma pistola vermelha, falante e sarcástico! Na verdade foi o gato que escolheu “Bento de Luca” e não o contrário! (Risos)

4- Como tem sido o retorno dos leitores com a história?
Bento de Luca: Até o presente momento o feedback que estamos recebendo não poderia ser melhor! Estão surgindo dezenas de resenhas pela internet, extremamente positivas. Recebemos muitos comentários nas redes sociais, além de vários e-mails! Estamos bastante empolgados com essa receptividade calorosa.

5- O Príncipe Gato será uma trilogia? Este ano sai à continuação intitulada “O Príncipe Gato e a Flor-Cadáver”, você (s) poderia(m) contar um pouco do que está por vir na história?
Bento de Luca: Exatamente! O “O Príncipe Gato” foi arquitetado para ser uma trilogia. Esse segundo volume será um pouco maior com relação ao primeiro! O que posso revelar é que ele será ambientado em Marshmallow, o reino do Príncipe Gato, e que alguns pontos que ficaram sem respostas serão desvelados. Os leitores podem esperar personagens nunca antes imaginados, uma história bem diferente, recheada de aventura e um ritmo alucinado do começo ao fim! O “O Príncipe Gato e a Flor-Cadáver” será lançado na metade de 2013.

Livros publicados: O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo.


Em Breve...


Contatos do Autor:

Twitter: @OPRINCIPEGATO



Nenhum comentário:

Postar um comentário