30 de agosto de 2013

Papo de Orelha : Eduardo Spohr

O papo de orelha dessa semana é com o autor Eduardo Spohr, conhecido por obras de sucesso como A Batalha do Apocalipse e a série Filhos do Éden.




 1-Quanto tempo demorou para A Batalha do Apocalipse ser escrita? Quais foram às sua maiores dificuldades durante todo o processo?

R: No caso de "A Batalha" eu levei dois anos exatamente. Bom, as dificuldade foram muitas, mas principalmente a minha inexperiência como escritor, afinal esse foi o meu 1º romance publicado. Eu ainda tinha muito o que aprender - ainda tenho, na verdade.  

2- A Batalha do Apocalipse, possui muitos elementos do cristianismo, por esse motivo, você já recebeu algum comentário ou crítica de algum cristão ofendido?

R: Não que eu me lembre. Pelo contrário. Os religiosos que leram os meus livros entenderam que se tratava de uma obra de fantasia, e isso fez inclusive que eu me aproximasse deles.  

3- Quais são os maiores desafios quando se publica um livro pela primeira vez, e o que as pessoas ao seu redor costumavam dizer? 

R: O maior desafio é conseguir um público fiel, um grupo de leitores que curtam a sua obra. Isso é construído com o tempo e com muito esforço.  

4- Se A Batalha do Apocalipse fosse adaptada para o cinema, qual diretor você gostaria que estivesse a frente da filmagem?

R: Difícil dizer heeheh. Prefiro deixar que cada leitor escolha ;-) 

5- Até o momento, li somente A Batalha do Apocalipse, mas lendo as sinopses dos outros dois livros da série Filhos do Éden, o protagonista não é o mesmo em relação ABdC. Por esse motivo, fiquei intrigado, você pretende revisitar o personagem principal de ABdc futuramente ou sua história terminou no final do livro?

R: Você terá essa resposta ao terminar de ler "Anjos da Morte". Qualquer coisa q eu te diga é spoiler pesado heheheeh 

2 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar do livro, mas não sabia nada sobre o autor. Bem interessante :)
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  2. Olá, nossa adoro essa coluna do blog.
    SEMPRE ouvir falar (muitas vezes bem) desse autor e seus livros, que incrível vocês terem conseguido entrevista-lo. :)
    Adorei a entrevista e achei as respostas dele bem legais,se os livros serem tão legais quanto o autor vou dar uma chance. haha

    Abraços, Manu Blog Cereal Things.
    cerealthings.blogspot.com.br

    ResponderExcluir