18 de agosto de 2014

Resenha - Maze Runner Correr ou Morrer

Autor: James Dashner
Editora: Vergara & Riba
Edição: 1/2010
Número de Páginas: 426

Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito. 

Fazia muito tempo que eu sabia da existência desse livro, e desde 2012 que eu comprei-o tinha uma gigantesca vontade de lê-lo. O tempo foi passando, e como vocês já estão cansados de saber, muita coisa aconteceu. Mas finalmente, consegui sentar e ler o primeiro livro dessa trilogia eletrizante.

O livro narras a história de Thomas, um menino de 16/17 anos que acabou de acordar em
um elevador e não se lembra de nada, apenas de seu nome. Thomas vai parar na Clareira, lugar onde outros 50 meninos, chamados de clareanos, se encontram. O lugar é envolvido por um labirinto, onde suas portas se fecham ao entardecer e as paredes mudam de lugar durante a noite. Thomas não sabe o que está acontecendo, mas vai tentar resolver todos os mistérios do labirinto vivendo aventuras muito perigosas.

A narrativa do autor é em terceira pessoa, mas tudo gira em torno de Thomas, o personagem principal. A premissa do livro é muito interessante, e posso garantir que o autor usou tudo o que  criou para envolver o leitor cada vez mais na história. As páginas desse livro passam muito rápido. Sem perceber, você já estará na pagina 200 em um piscar de olhos.

O livro é uma montanha russa de emoções, quando você acha que sabe alguma coisa, outra coisa acontece que vai embaralhar sua cabeça mais ainda. Isso que adorei na história. Mas a pior parte é que nada é resolvido nesse livro, o que faz sentido por ser uma trilogia, mas mesmo assim, EU QUERO RESPOSTAS!

A adaptação para os cinemas do livro será lançada em Setembro de 2014, pelos trailers e entrevistas com o elenco e a produção, já percebi algumas coisas que foram alteradas no filme (como as habilidas de comunicação mental entre Thomas e Teressa). Estou mega ansioso para assisti-lo, acho que o livro vai se passar super bem para as telonas.

Recomendo muito este livro. A trilogia começou super bem, o autor soube criar esse universo onde até o momento não entendemos nada, mas adoramos. Não vejo a hora de ler as continuações e desvendar todo esse enigma.

Nota:(5)

2 comentários:

  1. Iai Murilo :)

    Eu terminei o 2° livro da série ontem e apesar de ter gostado, confesso que esperava um pouco mais. Abraços!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel! Nossa, vou abaixar minhas expectativas, mas mesmo assim estou bem ansioso.
      Abraços!

      Excluir